quinta-feira, 26 de abril de 2012

A politica em Garanhuns ou será a politicagem???

Precisamos urgentemente de um despertador

Garanhuns precisa se reconhecer como responsável pelo desenvolvimento do Agreste Meridional.

Se o município se descobrir como mediador , incentivador e desbravador do agreste meridional , vai perceber como a cidade de Garanhuns vai se desenvolver, a exemplo podemos citar as cidades de; Petrolina (alto sertão) que hoje é o maior provocador do desenvolvimento agrícola , através do sistema de irrigação fez desenvolver a sua região.Caruaru pólo têxtil, ajuda a crescer as cidades de Toritama,Santa Cruz do Capibaribe, Brejo da Madre de Deus,Bonito entre outras cidades. Caruaru e Petrolina no passado distante (em 1920), não eram tão conhecidas como era a nossa querida Garanhuns, que se desenvolvia com o café, as usinas de refinamento de óleo de algodão, através da educação, da bacia leiteira, com o passar dos anos a cidade começou a perder as suas fabricas, não ampliou os cursos na área de formação pedagógica, começa então a sofrer ;a educação, a bacia leiteira, a agricultura através da cultura do café (que teve seu momento de gloria, quando foi condecorado na França como o melhor café do mundo), daí a cidade e a região vai perdendo o desenvolvimento, o nosso crescimento. O trem bala do desenvolvimento passou por outras regiões e Garanhuns apenas com a velha locomotiva a vapor. E os anos se passaram e a cidade foi murchando, outras cidades foram se abrindo para o desenvolvimento. Então o que nos faltou neste meio tempo? Na verdade a pergunta é; o que podemos fazer para ajudar o desenvolvimento da região do agreste meridional?

O que no falta hoje? Onde erramos? O que precisamos para acordar?? Falta-nos um relógio com um despertador bem forte ? Para tocar aos nossos ouvidos e nos fazer ver que precisamos perceber os parceiros? Que precisamos buscar novos e velhos amigos, de sermos líder em nossa região? Ou nos falta motivação sócio política? Novos liderem?

Assim, se percebermos as nossas falhas, estaremos nos reconhecendo como um município deficiente vamos partir em busca do prejuízo. Então a proposta é; buscar motivação para um novo tratamento e vamos começar a pensar grande, partir na buscar de novos parceiros , fomentar novos projetos de desenvolvimento para alavancar o que já possuímos e o que podemos construir, motivar as lideranças locais para se colocarem a frente de suas cidades, com o objetivo de fazer a diferença, todos unidos no desenvolvimento do coletivo.

Estamos vivenciando um momento de ampliação urbana, as cidades e a região crescem e precisam alavancar os novos projetos de políticas publicas nos setores de; empreendimentos habitacionais,de moradias popular,de proteção ao meio ambiente, a reciclagem do lixo, o saneamento básico,a saúde, a educação, o setor rural, a agricultura, tudo isso ( se somado ), veremos o quanto irá beneficiar a Garanhuns e a tantos quantos municípios. Fazendo ai o desenvolvimento e a competitividade de nossa região, através deste novo mercado (econômico mundial) globalizado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e email que terei o maior prazer em entrar em contato com você.