sexta-feira, 20 de abril de 2012

Visitando os blogs

Fogo CruzadoDe-Inaldo Sampaio

Recife e os pré candidatos a prefeito / Mendonça Filho (DEM) já tem vice: Priscila Kause. Raul Jungmann (PPS), Daniel Coelho (PSDB) e Raul Henry (PMDB) não só não têm ainda companheiros de chapa, como vão penar para encontrar. Os tucanos que têm votos não querem saber da vaga de vice, e os que querem não tem votos.

Sem terra - Sem que isso signifique “criminalizar” os movimentos sociais, a Polícia Militar bem que poderia montar uma estratégia para impedir que o MST interrompa o trânsito em rodovias federais, tal como fez ontem na BR-232, causando enormes transtornos a quem precisava chegar ao seu destino.

A exposição - Está aberta à visitação pública no Museu do Sertão, em Pe­trolina, a exposição “Traje­tória política de Nilo Coe­lho”. O governador era médico, mas apenas porque o pai quis. Ele gostava mesmo era de política, tendo sido deputado federal, governador e senador.

Folha Política -Renata Bezerra
Inserções
- O prefeiturável Fernando Filho (Petro­lina) esteve com a equipe de comunicação, ontem à tarde, gravando inserções. Divide o tempo de TV da Nacional com o governador Eduardo Campos.

Dilma no NE- O governador Eduardo Campos telefonou, na quarta, para presidente Dilma sugerindo reunião dos governadores do Nordeste. Ontem, a presidente confirmou e vai estar em Aracajú na próxima segunda-feira.

As militâncias
Enquanto Maurício Rands colou na militância, ontem, em ato no Clu­be dos Oficiais da PM, João da Costa não fica atrás e vai aparecer estampado em camisetas da sua ala, amanhã, em plenária no Vera Cruz. As men­sagens já estão prontas: “Sou mais PT, sou João da Costa”; O Recife avança com João”, “Para o que der e vier”.

A largada
Construindo um diálogo cada vez mais estreito com a cúpula do PMDB, o prefeiturável Raul Henry esteve entre os 65 deputados da bancada de 80 do PMDB que prestigiaram jantar de largada da candidatura de Henrique Eduardo Alves, na terça. Em seu 11º mandato, Alves sonha em coroar sua trajetória com a presidência da Casa .
‘Peluso manipulou resultados de julgamentos’, diz Joaquim Barbosa

Carolina Brígido, O Globo
Dois dias depois de ser chamado de inseguro e dono de “temperamento difícil” pelo ministro Cezar Peluso, o ministro do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa respondeu em tom duro.

Em entrevista ao GLOBO, Barbosa chamou o agora ex-presidente do STF de “ridículo”, “brega”, “caipira”, “corporativo”, “desleal”, “tirano” e “pequeno”. Acusou Peluso de manipular resultados de julgamentos de acordo com seus interesses, e de praticar “supreme bullying” contra ele por conta dos problemas de saúde que o levaram a se afastar para tratamento.

Barbosa é relator do mensalão e assumirá em sete meses a presidência do STF, sucedendo a Ayres Britto, empossado ontem. Para Barbosa, Peluso não deixa legado ao STF: “As pessoas guardarão a imagem de um presidente conservador e tirânico, que não hesitava em violar as normas quando se tratava de impor à força a sua vontade.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e email que terei o maior prazer em entrar em contato com você.